Vulvoscopia FF responde à leitora: sexo anal

Vulvoscopia FF responde à leitora: sexo anal

7 de fevereiro de 2019

Pergunta da leitora: ”… eu queria saber se musas como vc e suas amigas lindas passam pelas mesmas situações que nós, mulheres comuns passamos. Por exemplo, sabemos que os meninos amam e não abrem mão do sexo anal e mesmo não sendo algo que curtimos muito, fazemos para agradar. Minha dúvida é…musas e desejadas, precisam usar o mesmo artifício? Ou, vcs conseguem segurar o boy simplesmente por serem lindas e desejadas?”

Vulvoscopia FF responde: Musa és tu que tem a coragem de investigar o que sentes em tuas relações sexuais. Para começar, experimenta deixar de ver-te inferior às mulheres que vês na mídia ou que consideras lindas, desde uma forma idealizada.

A verdade é que todas nós mulheres sofremos abusos e continuaremos a sofrer enquanto não aprendermos a nos defender e a dizer NÃO quando não gostamos ou não queremos ou não estamos de acordo. E isso vale para fora e para dentro das quatro paredes.

Se você não gosta de sexo anal e o homem insiste porque ELE gosta, diga a verdade: que você não gosta e que você não quer fazer sexo anal.

Entenda: o prazer SÓ do homem jamais deve ser o objetivo do sexo a dois. Nem por amor, nem por desejo, nem para ser legal e muito menos para “ segurar” um homem.

Atenção: um homem sabe quando está submetendo uma mulher às suas vontades e obsessões.

E quanto mais uma mulher aceita a submissão menos respeitada, escutada e atendida em suas próprias necessidades ela será, seja na cama ou fora dela. E muito provavelmente será usada e substituída por outra, até que a perversa diversão de dominar torne-se “comum”.

Dica final: busque aprender sobre o amor por ti mesma e descobrir o PRAZER, a potência e o gozo na mulher maravilhosa que TU ÉS, sem ficar dependente ou à espera de um parceiro para isso.

Tenha coragem para deixar relações e pessoas que te fazem mal e ir trabalhar e curar as feridas que carregas no teu coração, corpo, sexualidade e alma.

Não há separação alguma dentro de nós! A vulva, o cú, o coração, a mente… todas as partes são o nosso todo, todas as “partes” somos nós mesmas!

Gratidão por ter enviado a mensagem! Certamente ajudarás muitas mulheres e homens com tuas dúvidas.

Beijo vúlvico!

 

Fernanda Franceschetto

fêmea, mãe, escritora, terapeuta, atriz, jornalista e mística moderna

 

FOTO: @pollypenrosephotography

 

www.fernandafranceschetto.com