a vulva não é uma “parte” da mulher

a vulva não é uma “parte” da mulher

14 de novembro de 2019

Vulva – tema II – Vulvoscopia FF

Não há tabu de vergonha, culpa ou medo que resista à experiência de sentir a vulva respeitada, desejada, admirada, tocada e beijada com presença, interesse, afeto, amor.

É pela vulva que a mulher inteira se abre para um encontro sexual profundo – e imprevisível.

É pela vulva que a mulher inteira relaxa, confia e se liberta do condicionamento mental e machista de “ ter que servir antes de receber”.

É pela vulva que a mulher sente o que mais busca: o gozo do prazer pleno na intimidade.

A vulva não é uma parte da mulher.

É a mulher por inteira.

Um retorno ao paraíso, nesta Terra.

Autora: Fernanda Franceschetto
Comunicadora, terapeuta gestalt e tântrica.

Vulvoscopia FF: desperta a Amar, sem tabu, na integração da sexualidade-espiritualidade, em 7 temas: corpo, vulva, vagina, útero, coração, consciência, ser.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀