a libertação das próprias amarras é o caminho para o êxtase

a libertação das próprias amarras é o caminho para o êxtase

7 de fevereiro de 2019

Vulvoscopia FF

“ Esqueci de te contar…tive orgasmo com a penetração do meu companheiro pela primeira vez! Nós ficamos muito felizes. nunca tinha sentido isso. eu costumava gozar, mas sempre com o estímulo externo do clitóris. Estamos juntos há 10 anos… e agora, através de minhas transformações profundas, sinto que estamos vivendo um novo encontro…estamos renovando nossa relação em todos os sentidos.”

Depoimento de mulher acompanhada em sessões individuais e grupo com FF.

Quando uma mulher se permite o que eu chamo no Vulvoscopia de “ penetração em si mesma” – o auto exame, a auto investigação e a auto transformação a partir do estado de presença, da autenticidade, do enfrentamento das sombras, feridas e máscaras que carrega – a vida, o sexo e todas as relações são modificadas e ressignificadas.

A libertação das próprias amarras é o caminho ao êxtase.

 

Bençãos de coragem, fé e amor.

 

Fernanda Franceschetto

fêmea, mãe, escritora, terapeuta, atriz, jornalista e mística moderna

 

FOTO: @angelaburon

 

www.fernandafranceschetto.com⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀