não há salvador nem príncipe encantado na intimidade

16 de janeiro de 2020

A comunicadora, jornalista, artista, terapeuta gestalt e tântrica, Fernanda Franceschetto, aproveita a última lua cheia da década para iluminar a dúvida de um seguidor, que FF considera ser um retrato da sistema patriarcal na intimidade e que atinge a maioria dos homens ( e também a expectativa da maioria das mulheres):

“ a coisa mais difícil para um homem é fazer uma mulher feliz na sua intimidade. Eu sempre fico com a sensação que não estou agradando. Essa é a minha dúvida. Por que, às vezes, pode não estar bom e a mulher falar que está bom para não magoar”.

FF afirma: não há príncipe encantando nem salvador responsável por trazer a felicidade íntima para ninguém!

O caminho é o autoconhecimento, a autotransformação, a liberação do aprisionamento das crenças e padrões machistas e a abertura à presença, ao ser, ao encontro, à honestidade e à conexão com o outro na intimidade.

Fernanda Franceschetto
Vulvoscopia FF – a jornada íntima para tornar-se mulher

Assine o nosso canal no Youtube, pela r-evolução do AMOR e da consciência!