amar-se: elas estão aprendendo a transformar o veneno em cura

amar-se: elas estão aprendendo a transformar o veneno em cura

22 de abril de 2019

AMAR-SE – Vulvoscopia FF

A noite passada recebi mulheres buscando o caminho para amarem a si mesmas e aos homens.

Mulheres muito feridas.

E corajosas para trabalhar interiormente e assumir a parte que lhes toca na responsabilidade de terem vivido relações íntimas insatisfatórias – para dizer o mínimo.

Para dizer o máximo: relações abusivas que se desenvolveram durante toda a biografia sexual – desde a descoberta do prazer e da repressão no próprio corpo: infantil, adolescente, jovem e adulto – e as roubaram o valor intrínseco de suas existências, o amor próprio e a potência de serem quem elas são.

Basta.

Agora elas estão aprendendo a transformar o veneno em cura.

Expressar, tirar de dentro de si, exorcizar toda a dor que bloqueia a entrega ao amor.

Elas estão aprendendo a abrir espaço dentro de si.

A respirar.

A deixar a garganta abrir.

A escutar a própria música, o som das emoções, dos sentimentos e das necessidades profundas.

Elas estão aprendendo a mover-se em direção a presença no próprio corpo: às entranhas, à pelve sagrada e serpentina que tudo sabe e ao coração transgressor e libertário, à alma que tudo eleva.

Elas estão aprendendo a soltar o medo de voltar a amar.

Em radical honestidade. Potência. E desejo.

Elas estão aprendendo a voltar a ser inteiras. Em si mesmas.

E a abrir-se por completo aos que assim as puderem ver, tocar, beijar, abraçar e penetrar.

Aos que assim também estejam em si mesmos: purificados e atentos em suas sombras e inteiros em seu gozo, em sua luz.⠀⠀

. . .⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀
Amar-se
Ciclo outono
grupo vivencial para mulheres
com FF

semanal
sempre às quintas

em breve:
retiro Amar-se com FF
para mulheres e homens
junho 2019 – feriado corpus christi
infos: 51 983037799
site FF: fernandafranceschetto.com

. . .

Bençãos de coragem, fé e amor

Fernanda Franceschetto
fêmea, filha, mãe, escritora, terapeuta-gestalt, atriz, jornalista e mística moderna

www.fernandafranceschetto.com
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀