abrir-se para amar é um ato de valentia

abrir-se para amar é um ato de valentia

18 de fevereiro de 2019

Vulvoscopia FF

Experimenta te abrir para amar como um ato de valentia. Atravessando o medo que paralisa o desejo erótico-vital do agora e te aprisiona em traumas de desamores passados.

Entenda: todas as relações que viveste – com tudo o que aconteceu de trágico e mágico – te ensinam a amadurecer na prática do AMAR.

Sim, amar é uma prática. Não é teoria, ideologia, utopia. É prática.

Em qualquer nível de relação humana é através de encontros vivos que praticamos o amar- e de maneira mais integral quando há sexo pois penetramos um no outro: nos tornamos um só corpo, um só espírito.

Vai. Vai te encontrar com quem desejas e queres! Não deixa passar. A vida é aqui e agora.

Cada encontro levará a uma nova consciência sobre ti e sobre o outro, abrindo a autêntica experiência da autoinvestigação e da possibilidade de vivenciar um nós sem máscaras nem personagens – o além das identidades eu, tu. O êxtase a dois.

 

 

Bençãos de coragem, fé e amor

Fernanda Franceschetto

fêmea, filha, mãe, escritora, terapeuta, atriz, jornalista e mística moderna

 

www.fernandafranceschetto.com⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀